08FEV

Mais um ano desafiador para as Negociações Coletivas



As negociações coletivas em tempos de pandemia passaram a ter maior relevância. O papel das empresas e dos sindicatos está à prova como nunca.

Com a pandemia, o reajuste salarial deixou de ser o principal tema das negociações coletivas, dando lugar aos acordos para permitir a adoção de medidas contra demissões pela crise econômica do coronavírus, como suspensão de contratos por até 60 dias, redução de salários e jornada de trabalho em até 70%, além da facilitação na concessão de férias coletivas e individuais, regras mais flexíveis para a formação de banco de horas e usufruto de feriados.

O levantamento realizado pelo Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos), mostrou que em 2020 houve uma queda de 32% no total de reajustes salariais, quando comparado a 2019.

A aceleração da alta do INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) e a dificuldade financeira das empresas, fizeram com que um quarto dos reajustes salariais em 2020 ficasse abaixo da inflação.

Considerando apenas dezembro do ano passado, 70,2% dos reajustes ficaram abaixo do INPC. Apenas 10,6% das negociações coletivas alcançaram ganho real de salário no mês. Outros 19,1% apenas repuseram a inflação. Os dados são da pesquisa Salariômetro, da Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas), que analisa convenções e acordos coletivos.

“Para 2021, a expectativa é que o INPC continue elevado o que fará com que busquemos novas estratégias de negociação juntamente com as entidades laborais, sempre com foco na manutenção de emprego e renda do setor”, avalia Edgar Sanchez, Diretor Administrativo e Financeiro do SIMABESP.

De acordo com a Confederação Nacional da Indústria (CNI), o  Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI), ficou em 60,9 pontos em janeiro de 2021 ante 63,1 pontos em dezembro de 2020. A queda demonstra a elevada incerteza com relação à evolução da pandemia e seu impacto na economia brasileira.

Fonte: SIMABESP | Postado em: 08/02/2021