28ABR

Pepsico anuncia metas para impulsionar "Agricultura Regenerativa’" até 2030



A PepsiCo anuncia globalmente, nesta terça-feira, metas para impulsionar o que chama de “Agricultura Regenerativa” até 2030. Até lá, a empresa pretende obter 100% de suas matérias-primas, como batata e coco, de sistemas produtivos sustentáveis, ampliando para 2,83 milhões de hectares (7 milhões de acres) a área de lavoura com práticas de “agricultura regenerativa” no mundo, o equivalente à totalidade das lavouras de onde saem os produtos agrícolas utilizados pela gigante de alimentos e bebidas, conforme informações antecipadas ao Broadcast Agro, sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado. A área atual onde a produção já é desenvolvida de forma sustentável no mundo e no Brasil não foi informada até a publicação da reportagem.

Com as medidas, a Pepsico espera reduzir em ao menos 3 milhões de toneladas suas emissões de gases do efeito estufa até o fim da década. Também deve envolver mais de 250 mil pessoas de sua cadeia de abastecimento, em especial comunidades agrícolas mais vulneráveis, pequenos agricultores e mulheres. O Programa de Agricultura Sustentável (SFP), do qual fazem parte as metas, está sendo implementado em 38 países.

Para atingir as metas, a Pepsico prevê recorrer a práticas que contribuam para restaurar e aumentar a resiliência dos ecossistemas em que as plantações estão inseridas, como ações para melhorar a saúde dos solos e de bacias hidrográficas e para ampliar a captura de gases de efeito estufa, como o carbono, e reduzir emissões. Para tanto, deve continuar investindo em tecnologias em áreas diversas, como logística, sementes, armazenamento, monitoramento de lavouras por satélite e drones e estações meteorológicas para acompanhamento climático e manejo de irrigação. Uso seguro de agroquímicos, respeito aos princípios dos direitos humanos, cumprimento à legislação e eficiência são outros pilares da iniciativa.

“É urgente o compromisso de grandes players como a PepsiCo para uma mudança efetiva nas práticas no campo, garantindo um equilíbrio cada vez maior entre a produtividade e a sustentabilidade. Por meio do nosso Programa de Agricultura Sustentável (SFP), que já existe há anos, trabalhamos com agricultores em todo o mundo para implementar e dar escala a uma série de práticas agrícolas sustentáveis e regenerativas”, disse no comunicado o presidente da PepsiCo Brasil Alimentos, Alexandre Carreteiro.

Fonte: Istoé Dinheiro | Postado em: 28/04/2021