23JUN

ABIMAPI Entrevista - Marcelo Guimarães, Diretor Comercial da Selmi avalia retomada do consumo e tendências de mercado



Quais os desafios para 2021? A empresa planeja crescimento? O que está fazendo para colocar esse planejamento em prática?

O ano de 2021 tem sido desafiador, mas a Selmi está preparada. Oficializamos no primeiro bimestre a compra da marca Todeschini, tradicional fabricante de massas de Curitiba. O negócio envolveu apenas a marca, a fábrica não entrou na negociação. A produção será nos parques fabris de Sumaré (SP) e Rolândia (PR), os quais possuem capacidade de expansão.

Expandimos a linha de produtos orgânicos, com o lançamento do Macarrão Trigo Duro Orgânico e Azeite Renata Superiore Extra Virgem Orgânico.
A Selmi vive um excelente momento, com crescimento sustentável da companhia e pronta para oferecer os melhores produtos das marcas Renata, Galo e Todeschini.

Como avalia a retomada do consumo neste ano?

A pandemia e o isolamento social mudaram a rotina das pessoas, e uma das alterações foi a necessidade de cozinhar mais em casa. Seja pelo home office ou pelas restrições que estão ocorrendo em bares e restaurantes, o brasileiro passou a cozinhar mais para as refeições do dia a dia ou para ter um momento lúdico com a família.
Pesquisa da Kantar de junho de 2020 aponta que o consumo de alimentos e bebidas nas refeições dentro de casa aumentou em 27%. Todo este panorama impulsiona o aumento do consumo de macarrão, que é um produto versátil e rápido de se fazer, permite uma variedade de pratos, estocagem simples, nutritivo e democrático, pois está na mesa de 99,3% dos lares brasileiros. Um pacote de macarrão alimenta cinco pessoas.

Somando todos estes fatores, dentro da Selmi, unindo as marcas Renata, Galo e Todeschini, apenas em massas, apresentamos um crescimento de aproximadamente 20% em 2020.

Como avalia o perfil do novo consumidor?

Vemos que o consumidor está cada vez mais exigente e buscando alternativas no mercado. Por exemplo, no segundo semestre de 2020 lançamos o macarrão Renata Sem Glúten, voltado para público celíaco ou que não consome glúten por opção.

No primeiro semestre do ano passado lançamos um novo formato de embalagem com sistema abre e fecha para as massas cortadas Fusilli, Penne e Farfalle da linha Renata Superiore Grano Duro. A embalagem concede mais praticidade para armazenagem após aberto.

O macarrão Renata Superiore Grano Duro Orgânico atende ao perfil dos consumidores que se interessam pela fonte dos alimentos que consomem e estão em busca de uma melhor qualidade de vida. Mercado com muitas oportunidades de crescimento.

O que o “novo normal” pode trazer de mudanças em estratégias em relação ao ponto de venda e e-commerce da empresa? Quais estratégias já colocaram em prática em relação a fusão do varejo físico e online?

Alimentar pessoas é uma missão nobre que levamos a sério, em um país de tamanho continental como o Brasil, o novo normal trouxe grandes desafios à indústria alimentícia, que teve que criar novas estratégias de produção e comunicação. Atualmente nosso foco é o digital e estamos colocando isso em pratica em nossas redes sociais com um aumento relevante de investimentos, conectando e-commerces de clientes com nosso Portal de Receitas (https://renata.com.br/ e https://receitasgalo.com.br/) e focando em aplicativos de venda online

Temos uma leitura de que a pandemia teve um efeito ampulheta no mercado. As classes mais altas, para superar o isolamento social, tornaram o ato de cozinhar um momento de lazer, investindo assim em produtos de maior qualidade e valor agregado elevado. Já as classes menos favorecidas estão buscando por produtos mais econômicos. A Selmi tem um portfolio vasto para todos os perfis de renda, seguindo sempre nosso padrão de qualidade já conhecido pelo mercado.

20 de julho é o Dia do Biscoito, qual a importância da data para a empresa? Quais as iniciativas feitas neste sentido no âmbito digital e em pontos de vendas?

O Dia do Biscoito é uma data muito importante para a Selmi. É uma oportunidade de fortalecer o nosso portfólio de produtos e reforçar a qualidade de toda a nossa linha de biscoito das marcas Galo, Renata e Todeschini. O que podemos adiantar é que no âmbito digital, temos trabalhado ativamente com influenciadores que possuem sinergia com as nossas campanhas e gerado um fluxo do público para os sites, que estão com receitas novas e criativas. Além de campanhas nos PDVs para acelerar o crescimento da categoria.

Como enxergam as principais tendências de consumo de alimentos daqui cinco anos?

O consumidor brasileiro está analisando mais o que come e se importa com a origem dos alimentos que consome, por isso enxergamos o mercado dos orgânicos como potencial para os próximos anos. Nossos lançamentos recentes, e os próximos, refletem muito a importância que damos para essas tendências.

Fonte: ABIMAPi | Postado em: 23/06/2021