09JUN

PepsiCo reformula cultura e escritório para o pós-pandemia



A PepsiCo reabriu seu escritório em São Paulo, depois de uma reforma que traduz uma reformulação da cultura da empresa. A ida ao escritório é facultativa, mas não necessária. Os funcionários só têm uma recomendação de ir até a sede se o propósito da visita estiver dentro desses conceitos.

Os antigos 10 andares da empresa foram reduzidos para cinco. Nesses cinco pisos, o conceito de neuroarquitetura, que consiste em projetos desenvolvidos para que as pessoas se sintam estimuladas mentalmente, foi aplicado para criar ambientes confortáveis aos olhos e à permanência dos funcionários, além de uma conexão maior com as marcas da casa. Pelos andares, é possível encontrar ambientes feitos para as fotos com decorações que remetem às marcas e salas de descompressão com vista para os arredores da Avenida Juscelino Kubitschek.

Leia mais: Como Jão foi de covers no YouTube a um faturamento de R$ 36 milhões

Ao entrar no piso 9, o principal da PepsiCo, você logo dá de cara com o espaço do café. Todas as mudanças partiram dos desejos dos funcionários, que foram consultados durante o processo de adaptação do escritório. Eles também podem dar um feedback constante à chefia de forma prática: há QR codes espalhados pelo escritório que levam a um aplicativo em que eles podem tirar dúvidas, dar sugestões ou fazer reclamações.

O dress code também mudou. “As pessoas podem vir como se sentem mais à vontade. Se você gosta de trabalhar de calça e camisa, tudo bem. Mas pode vir de bermuda, camiseta e chinelo”, diz Fábio Barbagli, vice-presidente de recursos humanos da PepsiCo.

Leia mais em: https://forbes.com.br/carreira/2022/05/pepsico-reformula-cultura-e-escritorio-para-receber-funcionarios-apos-a-pandemia/

Fonte: Forbes | Postado em: 09/06/2022