21JUN

PepsiCo abre curso gratuito de capacitação profissional para mulheres



A gigante do setor de alimentos e bebidas PepsiCo oferece curso grátis para mulheres que queiram empreender ou se recolocar no mercado de trabalho. O Mulheres com Propósito deste ano é realizado mais uma vez em parceria com a organização não-governamental Fundes, especializada em ajudar pequenos negócios. As inscrições começam hoje por este link e vão até o dia 11 de julho.

Aulas e seminários serão ministrados on-line de 4 de julho a 8 de agosto, duas vezes por semana, às segundas e quartas-feiras. "Podem participar mulheres com mais de 18 anos interessadas em abrir e aprimorar seus negócios ou que buscam recolocação no mercado de trabalho", informa a empresa.

O programa tem três frentes: educação empreendedora, empoderamento econômico e empregabilidade. A grade de oficinas se dividem em quatro momentos:

    Meu Plano de Vida: voltada para viabilizar objetivos e desenhar planos de ação;
    Habilidades: sobre competências fundamentais para o desenvolvimento profissional ou do negócio;
    Networking: para tratar de relacionamentos profissionais, capital social, formatos de trabalho em rede e conquista de clientes;
    Finanças: que abordará temas como definição de preço e capital de giro dos empreendimentos.

As participantes que se destacarem terão ainda a oportunidade de receber mentorias individuais e personalizados com colaboradoras voluntárias da PepsiCo.

“O Mulheres com Propósito integra a agenda da PepsiCo voltada à promoção da equidade de gênero e o desenvolvimento de talentos femininos. Com a iniciativa, contribuímos para que as mulheres conquistem independência financeira e ganhem protagonismo na sociedade. Nossa meta é chegar a 2 mil mulheres formadas no país e 12 mil na América Latina até o final deste ano”, afirma, em nota, Lívia Fávaro, Gerente de Cidadania Corporativa da PepsiCo Brasil.

Até o momento, o programa já formou 1.700 mulheres somando todas as edições anteriores. "Por meio do programa, tive acesso a histórias inspiradoras e me reinventei. Hoje, eu tenho a minha loja virtual em que revendo vestuários, calçados, bolsas entre outros produtos, por meio do Instagram e do WhastApp para pessoas em diferentes pontos da cidade. Conquistei minha fonte de renda", diz, em nota, uma participante do curso no ano passado, Viviane Queiroz da Silva, 23 anos, de São Gonçalo dos Campos (BA).

Fonte: Valor Investe | Postado em: 21/06/2022