Visualizar como página web

Edição 08 - 09 MAR 2022

contato@abimapi.com.br

+55 11 5188 6200

Conquistar cargos de liderança no mercado de trabalho ainda é um desafio enfrentado diariamente pelas mulheres. Segundo a Organização Internacional do Trabalho (OIT) apenas 39,4% das mulheres estão em cargos de chefia atualmente, reforçando a realidade de que ainda há um longo caminho para ser explorado.

Além de ser muito importante para estabelecer a igualdade de gênero dentro do ambiente de trabalho, a contratação de mulheres para cargos de liderança traz diversos resultados positivos. A criatividade e a produtividade são algumas das habilidades que se destacam no ambiente de trabalho comandado por elas, empresas com líderes femininas têm resultados até 20% melhores, é o que afirma pesquisa feita pela Organização das Nações Unidas (ONU).

Entre as ações do setor privado que podem promover o empoderamento econômico e o incentivo a liderança das mulheres no mercado de trabalho estão:

  • Garantir a disponibilidade de dados desagregados por sexo e análise de gênero.

  • Envolver as mulheres em todas as fases da resposta e nas tomadas de decisão nacionais e locais;

  • Estimular a participação de colaboradoras em programas de capacitação e treinamentos;

  • Realizar eventos que ressaltem a importância do papel das mulheres na economia do país.

De acordo com o programa “Ganha Ganha”, criado por meio da aliança entre ONU Mulheres, OIT e União Europeia que busca fortalecer o protagonismo das mulheres no setor privado, o isolamento social ressaltou o papel da mãe dentro do lar o que levou a exaustão materna: 50% das mulheres brasileiras passaram a cuidar dos filhos na pandemia; 72% afirmaram que aumentou a necessidade de monitoramento e companhia; 41% seguiram trabalhando, mas com a manutenção de salários.

Como as empresas podem contribuir para o equilíbrio entre trabalho e vida pessoal da colaboradora?

  • Estimular programas de prolongamento da licença maternidade;
  • Campanhas internas de sensibilização sobre a importância da divisão de tarefas domésticas;
  • Facilitação do acompanhamento dos filhos das/dos colaboradores em consultas médicas;
  • Política de jornada de trabalho flexível.

É inegável a evolução das mulheres brasileiras no mercado de trabalho, mas é fato que ainda há grandes passos a dar para que haja igualdade de gênero. Um mercado de trabalho com diversidade é uma das principais formas de desconstruir preconceitos.

Tem novidade no
Portal do Associado!

Confira agora

Fique por Dentro!

Casa Suíça tem duas novidades no portfólio

A Casa Suíça, marca do Grupo Marilan, amplia a linha Pascoattone com mais dois sabores.

Leia agora

PepsiCo oferece curso gratuito para mulheres empreendedoras

O programa oferece cursos totalmente online e gratuitos para formação empreendedora de mulheres de todo o Brasil em três frentes.

Leia agora

PIB: cenário é de muita incerteza

Restrições relativas à oferta e à pressão de custos, impactos da deterioração das condições macroeconômicas.

Leia agora

Mulheres ainda enfrentam preconceitos no mercado de trabalho

Especialista reforça importância de promover o bem-estar e a inclusão das mulheres diariamente nas organizações.

Leia agora

Redes Sociais & Novidades

Homenagem ao Dia Internacional da Mulher

Leia agora

Aprenda a manter o biscoito crocante por mais tempo

Leia agora

Participe do Minuto do Trigo EDIÇÃO ESPECIAL

Leia agora

www.abimapi.com.br
Av. Paulista, 1754 - cj.104
São Paulo-SP - 01310-920

Enviado por ABIMAPI

Associação Brasileira das Indústrias de Biscoitos, Massas Alimentícias e Pães & Bolos Industrializados

Se deseja não receber mais mensagens como esta, clique aqui.