e@bimapi

 
 
Logotipo e@bimapi
 
 

16º Congresso Internacional das Indústrias bate recorde de público, expositores e patrocinadores e promove geração de negócios internacionais

Inicio esta palavra do presidente com um agradecimento aos mais de 360 participantes que estiveram conosco durante o 16º Congresso Internacional das Indústrias, organizado por nós, da ABIMAPI, em parceria com a ABICAB (Associação Brasileira da Indústria de Chocolates, Cacau, Amendoim, Balas e Derivados), entre os dias 05 e 07 de abril, em Foz do Iguaçu (Paraná).

Realizamos três dias de evento dedicados ao setor de alimentos, nos quais promovemos debates sobre importantes temas atuais. No primeiro bloco recebemos o economista Alexandre Mendonça de Barros e o comentarista de política e assuntos internacionais Demétrio Magnoli, que analisaram o atual cenário econômico e político do Brasil. Daniel Asp Souza, líder de Business Development da consultoria Nielsen, e Tathiane Frezarin, diretora de New Business na Kantar Worldpanel Brasil, conduziram estudos inéditos de mercado, seguidos de Sandra Guerra, sócia-diretora da Better Governance, e o professor e filósofo Clóvis de Barros Filho, que discutiram sobre Governança Corporativa e Ética, respectivamente nos segundo e terceiro blocos. Para finalizar série de palestras do congresso, recebemos Maurício Morgado, doutor em Administração e especialista em varejo e serviços, que apresentou algumas tendências de Varejo e Consumo verificadas em todo o mundo, Manoel Alves Lima, que pontuou as questões que envolvem as estratégias de inovação para o varejo e estivemos com o publicitário Walter Longo, que nos presenteou com uma alua sobre gestão na era pós-digital.

Por meio do aplicativo que utilizamos no evento, os participantes classificaram unanimemente toda a programação da plenária como de alto nível. Alcançamos nosso objetivo em difundir boas práticas de gestão e agregar valor e novos conhecimentos aos profissionais, em prol do desenvolvimento das categorias representadas por nós.

Impulsionamos, também, a integração entre os fornecedores de equipamentos e insumos e os representantes da indústria de alimentos por meio da nossa feira de negócios, que bateu recorde nesta edição: foram 31 stands que trouxeram as principais novidades, soluções e tendências para os fabricantes, além do showroom de produtos que apresentou as empresas com vocação exportadora.

Não podemos deixar de destacar o sucesso da segunda Rodada Internacional de Negócios com as empresas participantes dos projetos setoriais Brazilian Biscuits, Pasta and Industrialized Breads & Cakes (da ABIMAPI) e Brasil Sweets & Snacks (da ABICAB), ambos realizados em parceria com a Apex-Brasil (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos). Reunimos 28 empresas em busca da promoção dos produtos e incremento das vendas no mercado externo, com 12 compradores e distribuidores de diferentes países, que fecharam aproximadamente USD 1 milhão em negócios durante o evento e mais de USD 6,2 milhões em negócios futuros.

Alcançamos o êxito neste evento graças a vocês associados, parceiros, amigos, expositores e patrocinadores que participaram o 16º Congresso Internacional das Indústrias. Em nome da ABIMAPI, agradeço especialmente toda equipe da ABICAB que esteve conosco e confirmamos nosso próximo encontro para 2020.

 
Palestras e Fotos 16º Congresso das Indústrias
SIMABESP - Arquivos reunião tributária
Notícias

Vendas nos super e hipermercados avançam 1,7% no 1º tri
Supermercados poderão ter que oferecer produto grátis
Associados

Seven Boys estreia no mercado
de monoporções

Petybon tem nova identidade visual
 
   
 

 
     
 
Governo publica lei que institui Refis
da Micro e Pequena Empresa
Licença-maternidade de seis meses no setor privado é aprovada e segue para Câmara eSocial Web para empresas e regras de eventos extemporâneos entram em produção
 
     
     
 
Eventos
 
 




 
 
 
Redes sociais
 
 
Confira a receita de Hambúrguer
de Peixe com Molho Tártaro
Debates sobre inovação e comunicação marcam o último dia do 16º Congresso Obesidade deve ser tratada já na infância