e@bimapi

 
 
Logotipo e@bimapi
 
 

ABIMAPI destaca o Dia Mundial do Macarrão com ação comunitária e informações sobre hábitos de consumo do alimento

Amanhã, 25 de outubro, é do Dia Mundial do Macarrão. A data é celebrada desde 1995, quando o primeiro congresso de massas alimentícias reuniu os principais fabricantes do mundo em Roma, na Itália. Em 2017, fomos nós, da ABIMAPI, que organizamos o World Pasta Day em São Paulo (SP) e este ano o evento acontece em Dubai, Emirados Árabes. Com uma programação que abordará os aspectos nutricionais, sustentáveis e gastronômicos, bem como a crescente popularidade das massas alimentícias em diversos países, este será um encontro com os maiores representantes da indústria, cientistas, mídia e formadores de opinião, que temos a honra de acompanhar.

No Brasil, trabalharemos a comemoração com duas frentes de divulgação: mídias digitais e imprensa. Conforme anunciamos anteriormente, postaremos em nossas redes sociais uma iniciativa que mostra a importância de compartilharmos energia em prol da sociedade. Estivemos em Paraisópolis, São Paulo (SP), onde organizamos um mutirão e ajudamos a reformar o Café & Bistrô Mãos de Maria, um projeto da associação dos moradores. Ao fim da ação, oferecemos a todos os participantes um banquete de macarronada preparado pelo chef e apresentador Edu Guedes. Acompanhe, a partir de amanhã, em nosso Facebook e Youtube o vídeo deste projeto.

Junto aos veículos jornalísticos, trabalharemos os dados de uma pesquisa sobre hábitos de consumo, encomendada para a Kantar WorldPanel. Sabemos que nenhum prato estrangeiro conseguiu tamanha aceitação entre nós, como o macarrão. A primeira receita surgiu na China, mas foram os italianos que adaptaram a massa e ganharam fama com o prato que apresentaram ao Brasil, país que é hoje o quarto consumidor mundial do alimento, com 1,2 milhão de toneladas comercializadas ao ano, marca que só perde para a verificada na Rússia, nos Estados Unidos e a da própria Itália, primeira no ranking de consumo global.

Presente em 99,7% dos lares, o alimento está entre os 10 mais preparados em casa, perdendo apenas para o tradicional PF (prato feito), formado por arroz, feijão, bife/filé e salada. De acordo com o estudo, as massas secas (tradicional, caseira, sêmola, integral, grano duro e com ovos) se destacaram nas regiões Norte e Nordeste, que juntas apresentaram maior índice de compra do produto, 86% do total consumido. Já as instantâneas foram mais representativas no Centro-Oeste, onde equivaleram a 23% do consumo de macarrão. As frescas ganharam mais evidência no Sul e representaram 8,4% do consumo local.

O macarrão é um alimento democrático, prático, saboroso e tradicional na mesa dos brasileiros. Com tanta diversidade, acreditamos que é só uma questão de tempo para que o consumidor perceba que as massas podem participar ainda mais da sua rotina alimentar, por serem nutritivas e de alto rendimento. Para isso, cabe a nós, da indústria, aproveitarmos a data para pensar em espaços que ainda não conquistamos.

Mangia che te fa bene!

 
ABIMAPI - Apresentação Apex-Brasil Priorização de Mercados
ABIMAPI - Planilha de Priorização de Mercados
Notícias
Massas secas representam 82%
da preferência nacional
Dia Mundial do Pão é celebrado por fãs e padarias tradicionais da cidade
Associados

Piraquê estreia na
categoria de torradas
Germani Alimentos patrocina a 34ª Oktoberfest de Santa Cruz do Sul
 
   
 

 
     
 
Receita vai dar tratamento "VIP" para empresas que pagam impostos em dia Entidade tira imposto
do PIS/Cofins no TRF5
Vantagens das micro e pequenas empresas optarem pelo simples
 
     
     
 
Eventos
 
 




 

 
 
Redes sociais
 
 
5ª Reunião do Grupo de RH, realizada no último dia 16 na sede do SIMABESP Que tal preparar uma receita especial para comemorar o Dia Mundial do Macarrão? Amanhã vamos comermorar
o Dia Mundial do Macarrão!