e@bimapi

 
 
Logotipo e@bimapi
 
 

Hoje é o dia D para campanha mundial
contra desperdício de alimentos

A Palavra do Presidente desta semana traz para debate um assunto muito importante para nós, que representamos indústrias de alimentos, mas principalmente para a sociedade como um todo: consumo consciente. Hoje, 24 de abril, é o dia D da campanha mundial Stop Food Waste Day. Esta é uma iniciativa realizada com o apoio de 30 países, entre eles o Brasil.

Atualmente, mais de 820 milhões de pessoas no mundo passam fome. Em contraponto, um dos mais graves desafios a serem superados é a diminuição da quantidade de toneladas de alimento despejada no lixo diariamente. Dados apontados pela Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO/ONU) mostram que 1,3 bilhão de toneladas de alimento é desperdiçada por ano. Isso equivale a aproximadamente 1/3 de toda a comida produzida mundialmente para o consumo humano.

No nosso país essa situação, infelizmente, segue no mesmo cenário: segundo levantamento do projeto Diálogos Setoriais União Europeia – Brasil, as famílias brasileiras desperdiçam em média 353 gramas de comida por dia; 128,8 quilos por ano deixam de ser consumidos e vão parar nos contêineres de lixo e cada pessoa joga fora 41,6 quilos de alimento. Como justificativa, o estudo constatou fatores comportamentais, como a valorização da fartura em diferentes etapas do consumo, desde a compra até o preparo do alimento, bem como a necessidade de compras em grande quantidade para manter a despensa abastecida e a preferência por ter sempre comida fresca à mesa, contribuindo com a preservação da ideia de que “é sempre melhor sobrar do que faltar”.

Diante deste panorama, algumas atitudes podem ser tomadas para, individualmente, cumprirmos nosso papel na tentativa de reverter esta realidade. Cito aqui, algumas dicas da jornalista e chef de cozinha Paloma Zaragoza – que atua como voluntária na ONG Banco de Alimentos –, publicadas pela revista Saúde:

1. Vá ao supermercado com uma lista de compras realista. Planeje somente três refeições completas por semana;

2. Para preparar a lista, aposte na técnica da dobradinha: se vai preparar macarrão à bolonhesa, então já imagine que essa bolonhesa pode virar chilli com carne no dia seguinte;

3. Não precisamos mais estocar alimentos como antigamente, o que colabora com o desperdício. Então, comprar em pequenas quantidades e mais vezes na semana pode ajudar a entender a própria dinâmica de consumo;

4. Às vezes, pesamos a mão e realmente preparamos mais comida do que o necessário. Para evitar isso, utilize medidores de macarrão e de porções, por exemplo;

5. A organização da geladeira faz diferença. Deixe na frente os itens que já começou a consumir ou com validade próxima do limite. Para trás, ficam os que possuem mais tempo de validade ou ainda estão fechados.

Em casa, jogamos fora 20% de tudo o que compramos e consumimos. Precisamos entender a nossa responsabilidade e rever alguns hábitos para minimizar esse desperdício.

 
ABIMAPI - Estatísticas de EXP 1°TRI
ABIMAPI - Missao EUA
Free From
 
Notícias
Quatro caminhos para alcançar excelência no relacionamento com o consumidor
 
Futuro dos supermercados está no e-commerce, mas entrega ainda é ?pedra no sapato?
 
Associados
Pepsico abre mais de 100 vagas de emprego no país
 
Com "ode à massa", Federer estrela nova campanha da Barilla

 
 
   
 

 
     
 
Reunião na FIESP discute sobre linhas linha de crédito para as PMEs Receita altera regras relativas à entrega da DCTFWeb Conheça a Mobilização Empresarial pela Inovação
 
     
     
 
Eventos
 
 




 

 
 
Redes sociais e Novidades
 
 
Separamos uma receita especial para você! Cheese Cake de Páscoa com Iogurte. Confira Sugestão de Escondidinho de Macarrão com Salmão e Creme de Queijos com Espinafre Claudio Zanão, presidente da ABIMAPI, marca presença no programa Bem da Terra da Rede Bandeirantes