e@bimapi

 
 
Logotipo e@bimapi
 
 


O impacto do COVID-19 no e-commerce do Brasil; ABIMAPI
& SIMABESP desenvolvem Cartilhas de Boas Práticas

Abordaremos na Palavra do Presidente de hoje o comportamento dos consumidores no Brasil após a pandemia do Coronavírus, com base em uma pesquisa divulgada recentemente pela Nielsen, empresa global de informação.

De acordo com os dados, o distanciamento social e falta de estoque de algumas categorias nos pontos de vendas são fatores que têm contribuído com o crescimento, que chega a 17%, do e-commerce no Brasil. O canal de compra, tende a ampliar sua importância durante e após a pandemia COVID-19. Dessa forma, é fundamental que as empresas desenhem uma estratégia adequada, de modo a aproveitar todas as oportunidades que se abrirão perante o atual panorama.

Outra tendência é a importância das redes sociais para o shopper como meio de obter atualizações rápidas e de fontes o?ciais sobre as novidades. Para os fabricantes, seria uma ótima ocasião de fortalecer o compromisso das marcas no mercado e otimizar táticas para impulsionar a comunicação com os consumidores.

Vale destacar que esse panorama é um lembrete sobre a necessidade de seguir impulsionando as cadeias de suprimento e logística, de modo a contar com ?exibilidade su?ciente para responder às mudanças do comportamento de consumo mediante a eventos como o COVID-19.

Segundo a pesquisa, muitas pessoas estão armazenando alimentos e optando pelos não perecíveis, como feijão enlatado, snacks de frutas e biscoitos, o que gerou um aumento de 11% na categoria "industrializados". Em muitos casos, o abastecimento da despensa simplesmente adiantará as compras futuras, o que pode gerar um ponto mínimo de vendas a médio prazo, à medida que esses produtos vão sendo consumidos gradualmente.

Por meio do nosso comitê de Relações Governamentais e Jurídico e em parceria com entidades da indústria de alimentos, enviamos ao Presidente da República, o pedido de liberação da circulação e manutenção da produção de alimentos no país, a fim de manter e regular o abastecimento nos pontos de vendas (mercados, supermercados e hipermercados).

Entendemos que a manutenção de fábricas de alimentos, como os produtos dos nossos associados, deve ser mantida em pleno funcionamento, de modo a garantir o fornecimento à população, principalmente em um momento cuja demanda poderá aumentar no curto prazo, tendo em vista a recomendação de isolamento por parte do Ministério da Saúde.

Estamos acompanhando diariamente a situação do abastecimento de alimentos no país, com o objetivo de identificar possíveis problemas e dar maior agilidade no encaminhamento de soluções.

Pensando na segurança e prevenção acerca do contágio por Coronavírus e no atual cenário de diversas companhias comunicarem um novo regime de home office, aproveitamos a oportunidade, para divulgar nossas Cartilhas de Boas Práticas.

Nos sites ABIMAPI e SIMABESP disponibilizamos três cartilhas abordando os temas: "Dúvidas Sobre o Coronavírus no Setor Empresarial"; "Boas Práticas para Home Office" e "Boas Prática na Indústria". Os materiais também estão disponíveis nos Portais do Associado. Acreditamos que guias como estas são boas estratégias para otimizar condutas pessoais, administrativas e trabalhistas com medidas que estão sendo usadas pelas empresas associadas atentas com o bem-estar de todos.

Também, gostaríamos de convidar a todos para o nosso primeiro Webinar com o tema "Ecommerce na China" na quinta-feira, dia 26 de março, das 14h às 15h. Nossa equipe de exportação está liderando esse encontro virtual que contará com o CEO da Chinnovation, In Hsieh. Aqueles que desejarem participar e quiserem obter mais informações devem enviar e-mail para export@abimapi.com.br.

Por fim, mas não menos importante, diante da crise econômica e social iminente causada pelo COVID19, os Associadas ABIMAPI & SIMABESP ficarão desobrigadas de pagar suas contribuições mensais (ABIMAPI - Contribuição Associativa & SIMABESP - Contribuição Social), referente aos meses de abril/maio/junho 2020. A partir do mês de julho as mensalidades voltarão a ser cobradas normalmente.

Tal medida somente está sendo possível após um ajuste orçamentário estudado pelas entidades e a redução de despesas com cancelamento de algumas ações programadas para este ano, como por exemplo, o Salão do Panetone.

Para que a empresa tenha direito de usufruir deste incentivo, se faz necessário estar adimplente com suas contribuições até MAR2020 e, caso não esteja, pedimos que entre em contato conosco para regularização das pendências.

Ressaltamos que nada mudará em relação a prestação dos serviços a vocês, principalmente neste momento de crise, onde a união é fundamental.

 
 
Cartilhas Empresariais de Boas Práticas
Sinopse nº 049 - 24 de março de 2020 Primeira parte
 
Notícias
Como o COVID-19 está
impactando o varejo?

 
Coronavírus altera hábitos de consumo e impacta mercado
 
Como o isolamento social potencializa nossa dependência da tecnologia
 
Após aumento no movimento em supermercados de SP, associação pede que consumidores não estoquem produtos

 

Associados
Bauducco busca o protagonismo
na Páscoa
 
Nestlé cria universidade corporativa inédita: cursos reconhecidos pelo MEC
 

 

 
   
 

 
     
 
Crise do novo coronavírus promove desafios para a indústria e para o Brasil FIESP e CIESP lançam site com perguntas e respostas sobre legislação trabalhista Coronavírus: projeto garante seguro-desemprego a MEI
 
     
     
 
Eventos
 
 




 

 
 
Redes Sociais e Novidades
 
 
     
Homenagem à indústria de alimentos: #aplausosnajanela Acesse a cartilha empresarial com dúvidas sobre o coronavírus MP-927 medidas trabalhistas
sobre o coronavírus