Nossos Releases

Supermercados projetam alta real no final do ano

De acordo com a Pesquisa de Natal 2016 da Associação Brasileira de Supermercados (ABRAS), o setor supermercadista brasileiro projeta crescimento de 0,67% nas vendas de final de ano, ante o mesmo período de 2015. Segundo o levantamento, os empresários do setor esperam alta nominal de suas vendas na ordem de 9,56%, entretanto, os preços deverão apresentar uma variação média de 8,63%. "Acreditamos que as tradições do Natal e Réveillon irão influenciar o consumidor a adquirir mais itens nos supermercados, e favorecer, assim, nos resultados do final do ano. A época sempre foi a melhor para o nosso segmento, e esperamos que isso se confirme", destaca o presidente da Abras, Fernando Yamada. 

Empresários Preveem Alta nas Vendas de Refrigerantes e Cervejas


Ainda segundo a pesquisa, os empresários do setor acreditam que o refrigerante e a cervejas serão os itens que terão melhor resultado nas vendas reais, 4,43% e 4,08% respectivamente. Em seguida o frango congelado com alta de 3,66% e, por fim, o peixe congelado, com um aumento de 3,19%. Em contrapartida, os vinhos nacionais apresentaram queda de 1,05% nas perspectivas de vendas em comparação com 2015. Além disso, dos produtos típicos do Natal e Réveillon, as frutas secas (2,68%) e o panetone (2,12%) lideram as projeções de venda dos supermercadistas. Porém, o peru, ave muito consumida no Natal, registrou queda de 1,55% na expectativa de venda em relação a 2015.